Warning: Creating default object from empty value in /home/teroca10/public_html/wp-includes/ms-load.php on line 138
Dona Ináh

Dona Ináh

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Dona Ináh. Nascida no interior de São Paulo, em Araras, aos 18 anos Inês Francisco da Silva foi para São Paulo e iniciou sua carreira artística em rádios paulistanas, em meados de 1950.

Uma voz firme, que chama atenção dos ouvidos mais desapercebidos. Dona Ináh é uma das grandes sambistas paulistas de longa data, mas o reconhecimento pelo seu trabalho veio somente depois dos 60 anos, após uma vida muito dura e fora dos palcos.

 

Com seu primeiro CD Divino Samba Meu, de 2004, Dona Ináh, já com 69 anos, concorreu ao Prêmio TIM de Música na categoria de cantora revelação, com músicas de autoria de Eduardo Gudin. Em 2008 lançou seu segundo CD Olha quem chega , composto exclusivamente de sambas de Eduardo Gudin e seus parceiros.

Com “Bamboleio”, Dona Ináh, junto com Teroca, é mais uma vez premiada como Melhor Intérprete, no Festival de Samba Paulista de 2007. Música que também levou o prêmio de Melhor Samba.

“BAMBOLEIO” – Confesso que nunca tive a chance de freqüentar um samba-de-roda autêntico, daqueles que se vê apenas em documentários e depois se armazena no imaginário. De repente, outra vez em viagem, de uma só vez me chegam percussões fortes, palmas de mão ritmadas, uma viola ponteando o ritmo calangueado e a imagem sinuosa de uma morena bamboleante…Foi a conta para que, meia hora depois, esse samba ficasse pronto.